Fixo

MPMS contrata software por R$ 172 mil para analisar comportamento de 1.500 servidores

Ferramenta é conhecida no ramo corporativo pela capacidade de mapear o perfil de cada indivíduo

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) contratou, por R$ 172.994,00, um software para análise comportamental de 1.500 servidores. O “The Predictive Index” – PI  é uma ferramenta conhecida no ramo corporativo pela capacidade de mapear o perfil de cada indivíduo e, em modelos preditivos de avaliação, até mesmo de antecipar condutas.

Utilizando gráficos e estatísticas, o sistema apresenta diversas informações sobre o trabalhador. Para alimentar o banco de dados, é feito um teste. O objetivo principal é definir o domínio das tarefas, formalidade e outras características que apontem a aptidão para cada setor. No mercado em geral, o programa é reconhecido por ajudar na melhora da produtividade.

Segundo o contrato, o software será usado para “[…] realização de diagnóstico do perfil comportamental de 1.500 integrantes do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, com uso ilimitado do software, incluindo a realização de teste cognitivo, desenho de cargo/função dentro da mesma metodologia e a Certificação Internacional de Metodologia P.I. para 10 integrantes do Ministério Público Estadual”, afirma o MPMS.

A contratação será feita sem a necessidade de licitação, dado que a empresa Praendex Brasil Sistemas de Apoio Gerencial LTDA é  a única que se apresenta apta a fornecer o software pretendido, tendo autorização para comercializá-lo em todo o território nacional, afirma Nilza Gomes da Silva, Procuradora-Geral Adjunta de Justiça Administrativa do MPMS.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo