FixoMato Grosso do Sul

Senar/MS busca instrutores para cursos de Formação Profissional Rural e Promoção Social

Entre os perfis desejados estão o de nível médio com formação técnica e experiência comprovada de no mínimo seis meses em aulas, palestras, wokshops em temas demandados pelo Senar

Tem habilidade em lecionar e conhecimento técnico no agro ou em áreas como alimentação e artesanato? Então o Senar Mato Grosso do Sul tem uma oportunidade para você. Está aberto o credenciamento para pessoas jurídicas que queiram fazer parte da equipe como prestadores de serviço, ministrando capacitações por todo estado.

Entre os perfis desejados estão o de nível médio com formação técnica e experiência comprovada de no mínimo seis meses em aulas, palestras, wokshops em temas demandados pelo Senar; os candidatos de nível superior, com experiência comprovada de pelo menos dois ou cinco anos, dependendo da formação.

A primeira etapa é efetuar o cadastro. Além das informações pessoais, o profissional deve ter qualificação técnica para exercer a função e atender os requisitos e exigências correspondentes a cada área, conforme costa em edital.

O próximo passo é a habilitação jurídica e técnica, quando se comprova a regularidade da empresa no órgão competente e apresentação do histórico dos principais trabalhos realizados, assinatura de declarações e termos. Os pagamentos dos instrutores serão efetuados conforme as aulas realizadas e efetivamente comprovadas.

Para participar é simples. Basta acessar senarms.org.br/credenciamento, conferir o edital na íntegra e realizar o cadastro, seguindo todas as etapas presentes no documento. A inscrição é gratuita.

“Os cursos ofertados pelo Senar/MS preparam as pessoas do meio rural para o mercado de trabalho, melhoram renda e desenvolvem o exercício da cidadania e do trabalho, estimulando habilidades no indivíduo. Esta é a missão da instrutoria. Levar conhecimento, despertar a educação ambiental e fomentar o empreendedorismo, gestão e qualidade de vida”, explica a gerente educacional, Luciana Baumhardt.

Fonte: Sistema Famasul

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo